Friday, October 20, 2017

AAAAHHH... EU QUERO!!!



























"I don't care what anyone thinks of me.
Except whales... I want whales to like me"

É isto, basicamente...

Compra-se aqui.
ah.. e visto o "M". Obrigada!

Thursday, October 19, 2017

Familia açoreana da Moby Dick


























Fotografia de Magnus Lundagren, tirada ao largo da ilha do Pico, Açores.

facebook: https://www.facebook.com/magnuslundgrendotcom
Site: http://magnuslundgren.com/







Monday, September 25, 2017

Dancing in the dark

























"Dancing in the dark"... é o que me vem à cabeça quando olho para esta fotografia incrível do Darren Jew.



Thursday, September 21, 2017

Plasticus maritimus no CCB

Atenção! Pára tudo!! Vão buscar as vossas agendas e registem!
Em 2018, o Plasticus maritimus vai instalar-se em força na Fábrica das Artes, do CCB. No meio de muitas actividades super apetecíveis para todos os gostos e idades, Plasticus maritimus vai ter:

Actividades para ESCOLAS:
Plasticus Maritimus - Realidade aumentada | Ana Pêgo - Oficina de biologia, educação ambiental e artes plásticas - 9 a 11, 15 a 18 maio

Actividades para FAMÍLIAS:
Plasticus Maritimus - Realidade aumentada e animada | Ana Pêgo - Oficina de biologia, educação ambiental e artes plásticas - 12, 13 e 19 maio
https://www.ccb.pt/…/…/FabricaDasArtes/Programacao/Oficinas…

Uma PALESTRA, no dia 19 de julho às 18h, no âmbito das Conversas com Mar:
https://www.ccb.pt/…/…/FabricaDasArtes/Programacao/Oficinas…

E ainda… E ainda… a instalação BALAENA PLASTICUS que estará em exibição de 08 de Maio a 31 de Julho, das 8h às 20h.
Balaena plasticus é uma instalação com 10 metro de comprimento feita integralmente com objectos de plástico branco encontrado na praia. (Criação de Ana Pêgo e Luís Quinta, com o apoio da Câmara Municipal de Almada em 2014).

Tuesday, September 19, 2017

Teatro de sombras



















Numa viagem de ferry entre o Faial e o Pico, fui surpreendida com um magnífico e espontâneo teatro de sombras cujos participantes desconheciam por completo que eram personagens da peça.

(sombra dos passageiros na rampa do navio)

18Agosto2017

Saturday, September 09, 2017

Golfinhos do Sado

Consegui, finalmente, realizar o sonho de levar as pulgas a conhecer os Golfinhos do Sado.
Há anos que sonhava com este programa mas, por uma razão ou por outra, foi sendo adiado. Ontem foi o dia!

 A excitação era grande e quase ninguém dormiu. Partimos bem cedo, rumo a Setúbal. A medrosa Lu mal falou durante a viagem (acho q estava sem perceber muito bem em que aventura é que a iam meter). A S., de livros na mão, só fazia perguntas... queria saber tudo sobre os golfinhos. A minha mãe que andava meio indecida, resolveu arriscar nesta aventura mas, para além de ter medo de enjoar, estava desconfiada com a "segurança do barco para as meninas" (bela desculpa).

O passeio de barco, só por si, vale a pena. É uma outra prespectiva da península de tróia e da linda serra da Arrábida. O barco, um enorme e robusto catamarã, não podia ser mais seguro. Mas o que as pulgas mais gostaram foi zona de rede (ah.. e da casa de banho que, para além de ter janelas quase ao nível da água, tinha um "autoclismo" de dar à bomba). Mas o nosso objectivo era ver os golfinhos e o tempo ia passando, e nada. Elas não se calavam a perguntar onde é que eles estavam e, a certa altura, também eu comecei a ficar impaciente... "já apareciam, não?!" Queres ver que vamos pertencer aos 2% de "avistamento zero"?!

Mas não!! Demoraram mas quando apareceram, foi "em grande"! Um belo grupo (não consegui conta-los) apareceu super animado aos saltos, piroetas e murtais. E a parte melhor: duas crias pequenas... Ostra e Vieirinha, com 3 meses e 1 mês (não sei se respectivamente). Foi a loucura! as pulgas passaram-se e a minha mãe também. Estavam incrédulas. Foi muito bom. Valeu muito a pena e queremos repetir.

No regresso, ficámos em tróia onde fizemos uma praínha (e apanhámos algum lixo na praia e outro que ia chegando à margem - Impressionante!)

Voltámos para Setúbal no ferry verde alface (onde a pulga mais nova fez uma birra memoravel e esgatanhou a irmã). Saímos do barco e fomos directas matar o desejo que me atormentava há meses... choco frito.
Todos os desejos cumpridos, é hora de regressar. Foi um dia longo e cheio de emoções.

Por fim, para estragar o nosso dia de sonho, levámos com o infernal transito para a ponte... é inacreditável! horas para chegar a casa. Parecia que tínhamos ido ver golfinhos ao Algarve. Enfim... Cansadissimas mas chegámos bem e isso é que interessa.

Muito Obrigada, Vertigem Azul!! Adorámos, aprendemos imenso e queremos voltar! Bjnhs e até breve!

Contactos: Vertigem Azul (site) e Vertigem azul (facebook).
Marquem um passeio que não se vão arrepender. Vale mesmo a pena!
































Fotografias aos golfinhos é que foi pior.. cada vez que disparávamos, eles mergulhavam... por isso, não há muitas provas, sequer, de que os tenhamos visto. Mas ficaram bem registados nas nossas memórias e isso é que interessa!

Thursday, September 07, 2017

3 ANOS!!!




















Faz hoje 3 anos que tive a fabulosa experiência de mergulhar com jamantas no Banco Princesa Alice. A loucura foi tal que deixei de fumar nesse dia... até hoje! Parabéns a mim que nunca pensei ser capaz de largar o vício. E muito obrigada à jamantas que não percebo muito bem o que é que fizeram mas funcionou!
E claro, o agradecimento super especial vai para o Tiago Castro, DiveAzores, que me levou nesta aventura inesquecivel e que acreditou que eu tinha "cabedal" para aguentar o temporal, correntes fortes e ondulação daquele dia. MUITO OBRIGADA, TIAGO!

Portanto, quem quiser deixar de fumar, é fácil! Vai até ao Faial, a DiveAzores leva-vos lá para o meio do oceano e "Plim, já está". Fácil!

(as fotos são do DiveMaster Dive Azores porque nesse dia, nem os alemães prós do mergulho foram autorizados a levar o material fotográfico para a água)

O Banco Princesa Alice é uma montanha submarina e fica mais ou menos aqui: